Galeria Fotográfica, Biodiversidade dos Açores

Mudar para, English Español

Galerias Temas

Explore a nossa selecção de temas e descobra o que temos para si. Seleccione um dos grupos abaixo apresentados:

Artrópodes nas nossas casas

Nesta página pode encontrar exemplos de animais que pode encontrar na sua casa. Muitos deles até são benéficos, como sejam as aranhas que capturam muitas moscas e outros bichos desagradáveis

Responsável: Paulo A. V. Borges

Ver mais espécies

Artrópodes endémicos adaptados às grutas dos Açores

Nas cavidades vulcânicas dos Açores podem-se encontrar seres vivos, tais como, diatomáceas (algas unicelulares), bolores (fungos), várias plantas e animais. Nas entradas de grutas e algares é comum observarem-se, tanto no chão como nas paredes, líquenes (associação de alga e fungo) e diferentes tipos de plantas, incluindo plantas com flor, fetos e musgos. No interior das cavidades vulcânicas dos Açores existem sobretudo pequenos invertebrados, como por exemplo, aranhas, escaravelhos, cigarrinhas, colêmbolos e centopeias. Alguns destes animais vivem exclusivamente em grutas, isto é, estão adaptados à vida cavernícola e não conseguem sobreviver fora do ambiente subterrâneo. Mais ainda, o grande número de explorações científicas realizadas nos últimos 20 a 30 anos nas cavidades vulcânicas dos Açores revelou que alguns dos seres vivos que aparecem nas grutas dos Açores são espécies que só aí existem, não sendo encontradas em mais nenhum lugar na Terra! Exemplos de grutas vulcânicas dos Açores que albergam espécies que só aí podem ser encontradas são o Algar do Carvão na ilha Terceira, o único local onde habita a aranha cavernícola Turinyphia cavernicola; a Furna do Parque do Capelo no Faial, o único sítio onde existe o escaravelho cavernícola Trechus oromii; e a Furna da Água de Pau em São Miguel, o único habitat conhecido do escaravelho cavernícola cego Thalassophilus azoricus.

Responsável: Paulo A. V. Borges, Isabel Amorim & Fernando Pereira

Ver mais espécies

Aranhas e insectos auxiliares nos pomares de bananeiras nos Açores

Santos, A.M.C., Borges, P.A.V., Hortal, J., Rodrigues, A.C., Medeiros, C., Azevedo, E.B., Melo, C. & Lopes, D.J.H. (2005). Diversidade da fauna de insectos fitófagos e de inimigos naturais em culturas frutícolas da ilha Terceira, Açores: a importância do maneio e da heterogeneidade ambiental. In: D. Lopes, A. Pereira, A. Mexia, J. Mumford & R. Cabrera (Eds.), A Fruticultura na Macaronésia - O Contributo do projecto INTERFRUTA para o seu desenvolvimento. pp. 115-134. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo

Responsável: Paulo A. V. Borges, João Moniz & Ana Margarida Santos

Ver mais espécies

Aranhas e insectos auxiliares nos pomares de macieiras nos Açores

Santos, A.M.C., Borges, P.A.V., Hortal, J., Rodrigues, A.C., Medeiros, C., Azevedo, E.B., Melo, C. & Lopes, D.J.H. (2005). Diversidade da fauna de insectos fitófagos e de inimigos naturais em culturas frutícolas da ilha Terceira, Açores: a importância do maneio e da heterogeneidade ambiental. In: D. Lopes, A. Pereira, A. Mexia, J. Mumford & R. Cabrera (Eds.), A Fruticultura na Macaronésia - O Contributo do projecto INTERFRUTA para o seu desenvolvimento. pp. 115-134. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo

Responsável: Paulo A. V. Borges, João Moniz & Ana Margarida Santos

Ver mais espécies

Aranhas e insectos auxiliares nos pomares de castanheiros nos Açores

Santos, A.M.C., Borges, P.A.V., Hortal, J., Rodrigues, A.C., Medeiros, C., Azevedo, E.B., Melo, C. & Lopes, D.J.H. (2005). Diversidade da fauna de insectos fitófagos e de inimigos naturais em culturas frutícolas da ilha Terceira, Açores: a importância do maneio e da heterogeneidade ambiental. In: D. Lopes, A. Pereira, A. Mexia, J. Mumford & R. Cabrera (Eds.), A Fruticultura na Macaronésia - O Contributo do projecto INTERFRUTA para o seu desenvolvimento. pp. 115-134. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo

Responsável: Paulo A. V. Borges, João Moniz & Ana Margarida Santos

Ver mais espécies

Aranhas e insectos auxiliares nos pomares de laranjeiras nos Açores

Santos, A.M.C., Borges, P.A.V., Hortal, J., Rodrigues, A.C., Medeiros, C., Azevedo, E.B., Melo, C. & Lopes, D.J.H. (2005). Diversidade da fauna de insectos fitófagos e de inimigos naturais em culturas frutícolas da ilha Terceira, Açores: a importância do maneio e da heterogeneidade ambiental. In: D. Lopes, A. Pereira, A. Mexia, J. Mumford & R. Cabrera (Eds.), A Fruticultura na Macaronésia - O Contributo do projecto INTERFRUTA para o seu desenvolvimento. pp. 115-134. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo

Responsável: Paulo A. V. Borges, João Moniz & Ana Margarida Santos

Ver mais espécies

Aranhas e insectos auxiliares nos pomares de pessegueiros nos Açores

Santos, A.M.C., Borges, P.A.V., Hortal, J., Rodrigues, A.C., Medeiros, C., Azevedo, E.B., Melo, C. & Lopes, D.J.H. (2005). Diversidade da fauna de insectos fitófagos e de inimigos naturais em culturas frutícolas da ilha Terceira, Açores: a importância do maneio e da heterogeneidade ambiental. In: D. Lopes, A. Pereira, A. Mexia, J. Mumford & R. Cabrera (Eds.), A Fruticultura na Macaronésia - O Contributo do projecto INTERFRUTA para o seu desenvolvimento. pp. 115-134. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo

Responsável: Paulo A. V. Borges, João Moniz & Ana Margarida Santos

Ver mais espécies

Plantas e animais presentes nas correntes de lava dos Açores

Os vulcões, com todos os fenómenos a eles associados, sempre causaram um enorme fascínio ao ser humano. As fumarolas, as nascentes termais, os sismos, e as explosões ocasionais acompanhadas por lavas escorrentes, eram vistas como manifestações de deuses que habitam o interior da Terra ou como penalizações de índole espiritual. Estes habitats são aparentemente inóspitos para a maioria das espécies. Agreste, com uma coloração entre o avermelhado e o preto, com bombas de lava solidificada espalhadas num mar de cinza fina, a paisagem parece lunar ou, quem sabe, marciana. É o que se observa nas zonas de erupção mais recente como acontece por exemplo nos Capelinhos. Sem uma camada de matéria orgânica no solo, apenas alguns organismos conseguem suportar a vida em cima de rocha nua, nas cinzas ou escondidos em pequenas fendas. Os mais óbvios possivelmente são os líquenes, e com estes, aproveitando fissuras nas rochas, vêm algumas plantas que, socorrendo-se a adaptações muito específicas, conseguem extrair matéria suficiente deste habitat para aqui sobreviverem e reproduzirem. Mas mesmo nas zonas mais despidas de vegetação é possível encontrar animais. Não só as aves a pairar, desde gaivotas a cagarros. Bichos-de-conta, marias-café ou mil-pés, pequenos caracóis e outros, principalmente detritívoros, aproveitam a matéria morta, restos animais e vegetais para o seu sustento. Os vulcões e mistérios são assim um dos habitats mais restritos mas no entanto fundamentais para se compreender a vida nos Açores. Foi neste habitat que tudo começou, é a este habitat que grandes áreas voltam periodicamente. Estes locais são palco de uma luta pela sobrevivência de espécies especialmente bem adaptadas ou oportunistas, muitas delas apenas existentes no arquipélago.

Responsável: Pedro Cardoso, Paulo. A. V. Borges & Fernando Pereira

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Calluna vulgaris (L.) Hull, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Clethra arborea Aiton, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Erica azorica Hochst. ex Seub., na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Frangula azorica V. Grubow, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Ilex perado Aiton ssp. azorica (Loes.) Tutin, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Juniperus brevifolia (Seub.) Antoine, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Laurus azorica (Seub.) Franco, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Paulo A. V. Borges, Clara S. Gaspar & Sérvio Ribeiro

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Morella faya (Aiton) Wilbur, na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Myrsine africana L., na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Picconia azorica (Tutin) Knobl., na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Pittosporum undulatum Vent., na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos da copa de Vaccinium cylindraceum Sm., na floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies

Aranhas, diplópodes e insectos no solo da floresta nativa dos Açores

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Responsável: Clara Gaspar, Paulo A. V. Borges & Kevin Gaston

Ver mais espécies
Web Development (C) Via Oceânica 2010